Micro retifica Dremel 4000




As micro retificas são ferramentas elétricas muito utilizadas no artesanato, no modelismo, em casemod, dentre tantas outras áreas. E essa diversidade de usos é uma das maiores características das micro retificas.

E quando se fala de micro retificas, a Dremel é o primeiro nome que vem à mente, mesmo sem saber que Dremel é uma marca. Então, resolvemos analisar a Dremel 4000, uma máquina que já me acompanha por 3 anos:


Pelo que pode ser visto no vídeo, a Dremel possui diversas vantagens e características diferenciais. Em razão disso, são poucas as marcas que conseguem disputar neste segmento com ela. Existem basicamente duas marcas que podem ser citadas: Fort, e; Black and Decker.

A Fort é uma marca xing ling que tem mercado por ser mais acessível e que fez fama entre o pessoal de casemod.

Black and Decker possui modelos que chamam a atenção: a RT18K (de 180 w, mas fisicamente semelhante a Dremel 300) e a RT650KA (de apenas 90 W*, mas que talvez chegue a ser mais ergonômica que a Dremel 4000). Ouvi dizer que um dos modelos da BD não troca o carvão, ou seja, depois de muito uso, ao acabar o carvão, a máquina vira lixo.

Por fim, vale ressaltar que no mercado europeu, a Dremel Europe já retirou do seu catálogo todas as MR com fio (3000, 4000, 4200), restando somente os modelos a bateria. Em outras palavras, enquanto a Dremel 8200 é novidade para o mercado brasileiro, na Europa e EUA, os modelos com fio nem são mais comercializados.

Mas não se preocupem, a tendência é que esses modelos permaneçam por muito tempo no mercado nacional, visto o preconceito que ainda perdura das ferramentas a bateria. E temos que entender que fora do Brasil, o volume de vendas de ferramentas a bateria é bem maior.

Contribua com o Análise de Ferramentas: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-885768287-apoio-ao-analise-de-ferramentas-_JM 

p.s.: Uma coisa dessa BD que realmente não compreendo é como a versão de 110 V da RT650KA possui 240 W, enquanto que a versão 220 V possui apenas 90 W, quando na verdade o mais comum, nas ferramentas elétricas em geral, é a versão de 220 V ser apenas um pouco mais forte que a versão de 110 V.
Além disso, o que é de se estranhar é que no passado a BD vendia este (RT650KA) com 240 w que é bem diferente dos atuais 90 w.

Comentários

  1. Olá, eu estou interessado na Dremel, porém vi um video de uma pessoa reclamando que a maquina quebra facilmente por causa da poeira que se acumula internamente, e trava o motor. Oque vc acha disso? Eu vi que vc usa a Dremel já a 3 anos, então, será que é só uma questão de limpeza?
    Esse aqui é o video que falei:
    https://www.youtube.com/watch?v=93t_y6v0ZIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael Oliveira, boa noite!
      Primeiro de tudo, recomendo que dê uma olhada com carinho vídeo Review da Dremel 4000 que postei em meu canal do youtube: https://youtu.be/Ta0yCLaKke8
      Quanto ao vídeo que você citou, eu já o tinha visto, inclusive, antes de gravar o meu. Minha opinião pessoal sobre o conteúdo dele: mal uso da máquina e, conforme ele diz, uma má informação fornecida pelo fabricante. Deixa eu explicar: na maioria dos casos, usamos a máquina de lado (horizontal) e, quando usamos ela na vertical, normalmente, a ponta fica voltada para baixo. Observe que essas duas formas mais comuns de usar a máquina implicam em pouco acumulo de poeira na ponta frontal da máquina. Se você observar o vídeo que vc citou, em 2:10 (2 minutos e 10 segundos), ele está reclamando daquela ponta que acumula poeira, de tal modo que, ao que tudo indica, para a ponta ser um funil, ele costuma usar a máquina na posição vertical com a ponta para cima (ou seja cortando o teto ou coisa assim). Para resolver esse problema de funil, bastava remover aquela ponta de plástico (que é rosqueada, como mostro no meu vídeo).
      Não suficiente, ele também parece que é relutante em não limpar de jeito nenhum a máquina! Porém, no meu vídeo eu explico como as entradas de ar da dremel são grandes e sempre exigem limpeza!

      Continuando sobre minha opinião pessoal: a micro-retifica (MR) é uma máquina para trabalhos pequenos, veja a potência da MR da BD de 90 w, a da Dremel é de 175 w. o drywall é um material bastante duro para você querer trabalhar profissionalmente utilizando uma micro-retifica (seja qual for a marca).
      No próprio vídeo indicado por você, em 2:35, o cara recomenda a Makita TM3000C. Veja bem, ele está recomendando uma multicortadora oscilante (tb chamada multiferramenta) de 320 w. Essa é uma categoria totalmente diferente de ferramenta. E olha a potência também! Pra mim, qnd ele recomenda essa máquina, está atestando que uma micro-retifica (seja de qual marca for) não é a ferramenta adequada para aquele trabalho (o que realmente não é).
      Ele está querendo usar um tipo de ferramente (categoria de ferramenta) em um serviço que é destinado para outro tipo de ferramenta! Se ele foi "enganado" pela propaganda da Dremel (q recomendaram a máquina para drywall), o correto a fazer era pedir o dinheiro de volta, até mesmo porque na nota de serviço (veja em 1:10), a assistência não recomenda o uso da máquina para drywall! Mas, ao invés de pedir o dinheiro de volta, ele insiste em ficar forçando a máquina em algo que não é para ser usada e voltando mil vezes para a assistência técnica! Paciência né?

      Eu perguntei lá no vídeo dele qual micro-retifica ele recomenda para fazer os trabalhos com drywall que ele faz. Porém, até agora não recebi a resposta dele! E dúvido muito que ele vá recomendar qualquer micro-retifica para esse trabalho porque essa ferramenta não suporta um serviço desse profissionalmente e na tora!

      E te digo mais, meu irmão já usou muitas vezes a Dremel 300 dele para trabalhar com gesso no teto e a dele nunca travou, mas meu irmão zela pela máquina dele! Já trabalhou em umas 12 ou 15 oportunidades nesse tipo de uso (cortando gesso e drywall)!

      Voltando para meu uso: a MR é uma das 4 ferramentas elétricas que mais uso (furadeira, parafusadeira, tupia, MR). E em quase tudo uso a minha Dremel 4000. Quanto a quebrar, nunca ocorreu. A Dremel 4000 não é a máquina mais potente do mundo (nenhuma MR tem essa pretensão), mas sempre deu conta do recado!

      abraço e se inscreve no nosso canal!

      p.s.: se quiser retribuir a ajuda, segue o link: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-885768287-apoio-ao-analise-de-ferramentas-_JM

      Excluir
  2. Olá, obrigado pela resposta! Eu já tinha assistido o seu video. No meu caso o meu uso vai ser para artesanato, gosto de fazer coisas com palitos de picolé, plasticos e sucata, eu estou precisando de algo melhor para fazer os cortes (no momento eu uso uma faquinha x-acto para cortar tudo), então como não uso para nada pesado, creio que a microretifica vai ser de grande ajuda. E um ponto importante, em relação a Dremel, existe um fornecedor na minha cidade, eu posso comprar diretamente com eles, é muito mais facil de resolver problemas do que se eu for comprar outras marcas, por que provavelmente só vou encontrar pela internet.

    Eu vou levar em consideração todas as dicas que você falou sobre a limpeza. Valeu pela ajuda!

    ResponderExcluir
  3. Comprei a Dremel 3000 com 10 acessórios, e estou frustrado, pq não consigo colocar nenhum acessório. Olhando o manual, tem uma peça chamada porca de aperto que já veio enroscada nela, porém nenhum acessório que veio entra por essa peça, não cabem. Parece que me falta o mandril, mas nao veio junto. Já olhei vários videos no youtube da Dremel, mas eles não explicam com muito detalhe, fica parecendo que é só pra quem já tem um certo conhecimento, e não para leigos que nunca teve nenhum tipo de contato com ferramentas desse tipo, como eu.

    ResponderExcluir
  4. Consegui botar pra funcionar, mas só por causa de uma peça extra que o cara da loja me indicou, um mandril ajustavel. Mas antes eu tentei só com o que veio na Dremel, dentro da caixa, e nao consegui encaixar os acessórios.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Estou na minha segunda Dremel 4000 e esta já está dando problema é pelo que tenho notado vai parar de vez logo, logo.
    Utilizo a micro retifica para dar acabamento em peças de resina poliéster cristal, para ser mais precisa, orgonites.
    A primeira Dremel (4000 3/36) estava funcionando normalmente e de repente parou. A princípio até achei que a energia tivesse acabado, mas infelizmente não. Levei para a assistência e ficou lá por mais de um mês, quando eles resolveram me dar uma nova, já que a Bosh estava sem a peça para troca. Pois bem, a segunda Dremel, também 4000, porém com menos peças, notei hoje que está diminuído a potência. Vou lixando e ela parece que está ficando “fraca”. Tanto a primeira quanto essa segunda máquina eu uso na posição vertical e com aquele cabo extensor (que não me lembro o nome), com mandrills originais. Nesta posição, as saídas ou entradas de ar, ficam livres. Aaah, mandarei essa segunda máquina para assistência técnica na próxima segunda, 19/02/18.
    O que pode estar acontecendo? Tem alguma outra marca que você me recomende para o meu tipo de trabalho? Se puder responder eu agradeço desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, boa noite!
      Bem legal essa utilização para fazer orgonites... antes de tentar te ajudar, deixa eu te fazer uma proposta: eu tenho uma conta no instagram em que quero abrir um novo tipo de postagem em que mostrarei os visitantes e inscritos no Canal Análise de Ferramentas usando suas máquinas. Será que você não conseguiria, com a ajuda de alguém, gravar um vídeo para mim mostrando como você utiliza a sua Dremel em seu trabalho? Coisa de 30s a 1 minuto só o vídeo... caso seja possível, me avisa que passo umas dicas para gravar

      Em relação ao seu problema, o pessoal da assistência técnica estariam mais aptos a lhe responder, já que eles sabem a peça que danificou... talvez se falasse para eles como você usa e com o que usa, eles tivessem uma ideia de como o problema está surgindo...

      Mas deixa eu te dizer uma coisa: você falou que usa o "cabo extensor ". Você tem que entender que esse cabo força bastante a sua máquina, isso porque há um cabo de aço no interior que fica atritando com o plástico que reveste o cabo... claro que é lubrificado e td, mas mesmo assim vc tem que entender que isso força a máquina.

      Assim sendo, não é aconselhável que você use por muitas horas seguidas a sua MR no cabo. Você pode verificar como após uns 15 a 20 min de uso, sua máquina já esquenta um pouco mais que o normal e fica bem quente com 40 min de uso constante. Eu, pessoalmente, só uso por no máximo 40 min nessas condições.

      Usando o cabo, ocorre de muitas vezes parar para olhar a peça como está e deixar a dremel funcionando, nesses casos, seria legal dar uma desligada nela enquanto você está analisando e pensando, para dar um pouco de intervalo (dentro dos 40 min ainda).

      Outra observação sobre o uso do "cabo extensor": você deve pendurar a sua máquina em algum suporte, para que o cabo fique o mais "esticado" possível e o mais na vertical possível. Normalmente penduro em uma janela ou em algum suporte alto... dê uma pesquisada no google e você verá que as pessoas usam o "chicote" (como essa extensão é popularmente conhecida) em um ganchinho.

      Utilizar o "chicote" dessa forma reduz um pouco o atrito e facilita o trabalho para a máquina!

      Em relação a outra marca, infelizmente não pude te$taR outras e nem os fabricantes se interessam em me emprestar para mostrar para nossos inscritos, mas já ouvi falar que talvez a Black and Decker e a Roxxin possam ter produtos de qualidade! Já ouvi falar da Fort como quebra galho. E fuja de qualquer micro retifica à bateria de marca pequena, pois seriam baterias de baixa qualidade e pouca vida útil! Mas a maioria no mercado ainda é no cabo de eletricidade ainda!

      A roxxin vai custar duas vezes o preço da Dremel!

      Em todo caso, você falou que usa para lixar, seria a resina poliester cristal muito dura? Em caso positivo, uma reflexão que proponho seria: não seria o caso de utilizar alguma lixadeira de bancada ou uma retifica (no lugar da MICRO retifica)?

      Espero ter ajudado e saiba que não quero em momento algum defender a Dremel, que na verdade não paga um centavo das minhas contas e nem me dá nada!

      Aguardo suas respostas sobre fazer o vídeo e de como você utiliza a sua micro retifica com o chicote (tempo de uso constante sem pausa e se usa o suporte)

      abraço e espero estar ajudando

      Excluir
  6. Gostei muito das orientações e comentários. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite. Estou querendo comprar um Dremel 3000 para cortar acrílico (2mm), plastico duro (polietileno) e madeira. Recomenda ela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não recomendo a 3000 pois é muito frágil. Melhor comprar logo a 4000.

      Excluir

Postar um comentário