Posso usar a serra mármore para cortar madeira?

Muitas vezes as pessoas querem utilizar uma máquina em uma finalidade para a qual ela não foi projetada, desenvolvida. Sejamos francos que o operador tem plena noção que uma furadeira não foi feita para ser uma politriz e nem uma lixadeira. Esse uso por exemplo não causa riscos para a segurança do operador, mas existem outros que causam, como é o caso deste artigo. Não vale a pena colocar imagens ou vídeos de acidentes com esse procedimento, mas vá por mim, é perigoso.

A Serra Mármore é uma máquina bastante presente na construção civil e ligeiramente mais barata do que a Serra Circular. E em razão disso, somado com a semelhança estética, alguns usuários a utilizam indevidamente para o corte em madeira.

É necessário entender, primeiro, que as máquinas desempenham funções diferentes e que permutá-las pode causar avaria ao equipamento, além dos SÉRIOS riscos a integridade física.

A serra mármore é uma ferramenta indicada apenas para cortes em: pedras, concreto, granito, mármore, azulejos e porcelanato, desde que utilizando os acessórios adequados. Isso é o chamado uso ideal, porque com os acessórios específicos, permite-se um rendimento e uma desempenho excelentes da máquina. Já a serra circular foi projetada para o uso em madeira de diversos tipos (maciça, mdf, compensado, ...).

Vamos, agora, compreender outras diferenças entre estas duas categorias de ferramentas elétricas:

1) Velocidade de rotação
A serra mármore trabalha com alta rotação, de aproximadamente 12.000 r.p.m. Enquanto que a serra circular tem baixa rotação, de aproximadamente 5.500 r.p.m.

2) Proteção retrátil
A proteção retrátil é essa proteção que cobre o disco e se desloca no momento do corte, fechando-se automaticamente após o fim do trabalho
A serra mármore não possui proteção retrátil, enquanto que a serra circular possui proteção móvel no disco.

3) Discos
A serra mármore utiliza discos, em regra, de diâmetro menores, diamantados e são projetadas para trabalhar deslizando no material.  Ao contrário, a serra circular possui discos de diâmetro maior, fabricados com metal duro (“widia”). e é projetada para trabalhar golpeando o material com os dentes dos discos
Em meio a tudo isso, hoje em dia, é possível cortar madeira com segurança com a serra mármore.  A Bosch possui esses discos azuis destinados a essa aplicação:


Esses não têm dentes de widia (como os discos tradicionais de serra circular), mas sim grãos de carbeto de tungstênio, além de teflon na alma metálica para se evitar o travamento do disco na madeira  e com isso o “coice” (contra golpe) no operador.

Eu pessoalmente lhes advirto: nem tudo é "mil maravilhas". É preciso ter em mente que a máquina não tem o corte em madeira como foco principal. Esse disco foi projetado para cortar madeiras de construção, caixarias. Inclusive, os grãos do disco cortam a madeira com cimento e até mesmo com grampo ou com prego. E para isso ela cumpre bem o seu papel, segundo o ´técnico Cláudio, dando um acabamento bom para esse tipo de peças.

Logo, o disco não foi projetado para trabalhos de marceneiros ou carpinteiros, ou seja, não faz o menor sentido querer construir armários usando somente serra mármore com esse disco. O acabamento em peças mais refinadas, como p. ex. bilaminados, não fica 100%. Afinal, esse não é o foco principal nem da serra mármore e nem mesmo do disco.

Aproveite para ler o artigo acercada serra mármore para corte em metal (serra mármore x esmerilhadeira) e a postagem sobre cortadora de parede (serra mármore x cortadora de parede).

Contribua com o Análise de Ferramentas: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-885768287-apoio-ao-analise-de-ferramentas-_JM 

***Para a elaboração deste artigo, o blog "Análise de Ferramentas" teve a colaboração de Cláudio Silva, técnico da Bosch. Nosso muito obrigado!

Comentários